Equipe Competitiva de Natação

DSC03597

A Mergulho Sport Center está reformulando profundamente seu segmento de natação competitiva, com o objetivo de contemplar seus alunos-destaques em aulas convencionais e a iniciação na natação esportiva, ao oferecer estes treinamentos semanais que visam ao aprimoramento técnico e ganhos de resistência e velocidade.

A Equipe Mergulho de Natação será uma engrenagem formada por Técnicos, Comissão Técnica, Professores, Alunos e Pais de Alunos, de forma não quantitativa,  mas sim, qualitativa. Serão acrescentadas várias atividades incomuns às aulas convencionais, sendo considerados e respeitados princípios básicos do treinamento físico esportivo, tais como: individualidade biológica, especificidade e progressão de cargas, sem deixar de lado a importância da infância e adolescência e suas necessidades lúdicas, recreativas e
biopsicossociais.

O treinamento sistemático na natação contribui para ganhos técnicos, fisiológicos e metabólicos, por estimular, entre outros benefícios, maior liberação de GH (hormônio do crescimento) e aumento do Volume Máximo de Oxigênio (VO2Max.), o que leva a diminuição da frequência cardíaca de repouso e aumento do débito cardíaco, da vascularização cardíaca, das fibras musculares oxidativas e do fluxo sanguíneo muscular.

Todos estes fatores favorecem a promoção da saúde e, consequentemente, a melhor qualidade de vida (ACSM, 2011; MACHADO et al, 2012; STEFANI, 2014).  O treinamento ainda possibilita ao jovem nadador estabelecer convívio social regido por regras e disciplina, de modo a desde cedo favorecer sua inserção em um universo que se torna cada vez mais competitivo e seletivo que lhe permite, assim, preparar-se para a vida adulta.

AMERICAN COLLEGE OF SPORTS MEDICINE. Diretrizes do ACSM para os testes de esforço e suaprescrição. 8ª edição. Rio de Janeiro. Guanabara Koogan. 2011.
MACHADO, C. S. et al. Nível de condicionamento aeróbio VO² máximo em professores de educação física. Fiep Bulletin, v. 82, Special Edition, ARTICLE I, 2012.

STEFANI, C. M. Uma equação nacional para predição do consumo máximo de oxigênio. Faculdade Federal do Rio Grande do Sul – Programa de Pós Graduação em Ciências da Saúde, Cardiologia e Ciências Cardiovasculares, Porto Alegre, p.71 2014.

Faça parte da equipe Mergulho!